domingo, 23 de fevereiro de 2014

Penadito del tiempo

Consagro a medicina do tempo
que faz vibrar os corações de glória


Cura, cura, curador
cura, cura, xamã curador
cura, cura, buscador
cura, cura, xamã buscador

Eu recebi este rezo
foi meu Pai quem me deu
A dádiva da vida
a dádiva de estar viva
E receber medicina
Que cura e guia

domingo, 16 de fevereiro de 2014

tudo está sempre certo

tudo está sempre certo
e tudo está sempre belo
na perfeição oculta do inefável
nos desígnios misteriosos do insondável
na lógica sublime do eterno

tudo está sempre certo
mesmo quando parece torto
o quebrado é uma face do inteiro
a separação é uma ilusão da mente e do ego
a alteridade é um equívoco caro

tudo está sempre certo
ainda que pareça terrivelmente errado
porque a dor é uma oportunidade disfarçada
de receber a bênção de mais um aprendizado

tudo está sempre certo
ainda que o coração ora lateje e pese
ainda que tudo pareça difícil e inadequado

tudo está sempre certo
ainda que hoje não faça sentido
um dia fará
um dia fará
os fatos bastam em si mesmos
sofrer é uma hiper-análise que quase nunca leva ao despertar

o caminho pode ser leve,
ou não,
mas a iluminação com certeza o será

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

3/02/14

- Você é uma  pessoa maravilhosa.
- Ah, não diga isso de alguém que você conhece tão pouco. Não que eu seja uma pessoa ruim, mas você acabará confiando em pessoas que vão te passar pra trás.
- Bom - riu -, isso acontece o tempo todo.

Manguezal

As árvores do  mangue precisam ter raízes específicas para serem bem nutridas nesse tipo de solo. E há quem as ache feias. Eu, porém, acho a sobrevivência adaptativa algo belo. Elas não morrem, e sim encontram um equilíbrio ao serem deixadas por conta  própria. Fundem-se a natureza, integram-se e sobrevivem. Mas o equilíbrio do manguezal pode ser destruído pela ação humana.

Entre manguezal destruído e árvore viva, tentarei inspirar-me na segunda. E talvez florescer.

na natureza selvagem

há um lugar em algum mundo
em que a natureza é ainda mais bela
há montanhas e lagos
e o leão e o cordeiro pastam juntos
sem serem mortos pelo homem

há um lugar em outro mundo
em que a harmonia reina
onde jamais chegará a chaga da civilização
que rima com dizimação da gente da terra
e do reino dos bichos e dos animais

há um lugar em outro mundo
na natureza selvagem
na sua face de compassivo equilíbrio idílico
onde eu talvez pudesse descansar
e entregar meu corpo a ela
devolvê-lo a mãe terra
e ela o cobriria com suavidade maternal
e ancestral

esse lugar existe em meus sonhos
de olhos abertos
(ora marejados)
mas eu não posso ir para lá agora
seria violar as leis dessa mãe terra
mas lua após lua
e aurora após aurora
aproximo-me inexoravelmente dela
e estando aqui por ora me cabe laborar
"ter firmeza é ter amor"
e isso me sobra
até escorrer pelos olhos

me resta seguir
a caminhada  solitária
nas aspirações mais nobres
como trabalhar pela libertação de todos os seres
(inclusive em minha própria)
ou ao menos tentar ser
o tipo de pessoa que alguém gostaria de conhecer num mau dia

minhas pernas bambas de cansaço
insisto em fazê-las caminhar
para que quando terminar
o dia derradeiro
eu possa orgulhar-me do meu saldo
devidamente arrependida e retificada
dos débitos

"a heart that hurts
is a heart that works"

does it make then
a heart that falls into pieces
a dark beating light in the sky?